Inbound Marketing

Diferença entre site e blog: saiba mais sobre e a importância de ambos

A empresa tem que ir aonde os consumidores estão. Que lugar é esse? O estudoWe are social”, publicado pela Hootsuite, dá a resposta. De acordo com esses dados, 4,66 bilhões de pessoas estão conectadas à internet. Esse é o local que os negócios precisam estar presentes: mas qual a diferença entre site e blog?

Diferença entre site e blog

Para isso, é importante conhecer primeiro os tipos de canais digitais disponíveis. Para ajudar, mostraremos a diferença entre esses dois tipos de plataformas. Nos próximos tópicos, abordaremos os conceitos, tipos de conteúdo e a importância de criar esses dois tipos de mídia. Acompanhe o nosso artigo!

 

O que é um site

Em resumo, o site é o canal que reúne as informações sobre a empresa. Seria como um cartão de visitas para que os consumidores conheçam melhor o negócio, seu propósito, produtos e ofertas. No site, existem várias seções importantes. Vejamos as principais.

Sobre a marca

Nessa seção do site, a empresa informa sobre o histórico, experiência de mercado, propósito, desafios superados e metas para o futuro. Essa é a parte mais importante do site, pois gera engajamento, compatibilidade e conexão com possíveis clientes, investidores e parceiros de negócios.

Além disso, mostra para o mundo corporativo “para que a empresa veio”. Seria como lançar a luz de um holofote sobre a marca para que todos possam conhecê-la mais de perto.

Sobre seus produtos/serviços

Na parte “produtos e serviços”, o negócio descreve os frutos de trabalho que realiza. Quando essa seção é bem clara, os visitantes entendem o que a empresa pode fazer por eles. Descobrem soluções para as suas dores, desejos e necessidades. Podemos dizer que essa área é essencial para a captação de leads quentes — aqueles que tem potencial de comprar um produto ou serviço.

Missão, visão e valores

Essa seção ajuda a empresa a se conectar emocionalmente com o público-alvo e se posicionar no mercado em que atua. Em missão, o negócio revela o seu propósito. Já em visão, mostra o destino em que deseja chegar. Por fim, os valores são as crenças e princípios que regem o funcionamento e direcionamento da empresa.

Entre em contato

A área de contato serve para que o visitante converse com o time de profissionais da empresa. Sendo assim, nessa seção, serão disponibilizados todos os canais de atendimento: chatbots, rede social, telefone e e-mail. Mais do que apresentar as opções de interação, a seção de contato revela muito sobre a acessibilidade e inovação do negócio.

Quanto maior for o número de canais, a empresa mostrará que respeita a maneira como o cliente deseja interagir. Para ser mais acessível, é importante que esses canais tenham recursos para pessoas com deficiência visual ou auditiva.

Já no caso da inovação, uma área de contato repleta de opções, revela que a empresa implantou o conceito omnichannel — integração de todas as mídias e canais do negócio. Sem dúvidas, uma prática inovadora que atrairá públicos que prezam pela praticidade e os benefícios das tecnologias.

 

O que é um blog

Diferente do site, o blog tem a proposta de entregar conteúdos sobre assuntos que interessam ao público-alvo e tem a ver com a área de atuação da empresa. Nessa mídia, o objetivo não é vender produtos e serviços, mas gerar credibilidade e autoridade para o negócio perante clientes e o mercado de atuação.

Outra finalidade do blog é ser usado como uma estratégia de marketing digital. Por meio da divulgação de artigos publicados nele, a marca atrai leitores que podem ser tornar consumidores. Quanto as particularidades do blog, a seguir, destacamos as principais.

Conteúdos

Os conteúdos publicados podem ser divididos em: artigos, e-books e infográficos. Todo esse material aparece em destaque na página principal do blog. No geral, as últimas publicações ganham maior visibilidade e as mais antigas são divididas em páginas.

Para ganhar relevância e visibilidade nas páginas de busca, os conteúdos são construídos com o uso de técnicas, como: palavra-chave, heading tags, backlinks e escaneabilidade.

Categorias dos conteúdos

Vale ressaltar que as empresas costumam publicar uma diversidade de temas para atrair a atenção do maior número possível de leitores. Visando a organização dos artigos e facilitar a busca do usuário, o conteúdo do blog é dividido em categorias. Por exemplo: vendas, finanças, liderança, negócios e marketing.

CTAs

Os call to action (CTA) são verdadeiras iscas para os leitores de um blog. A razão é que levam os visitantes a percorrer o funil de marketing do negócio por meio de ações pré-planejadas. Funciona assim: ao terminar de ler um artigo, o leitor se depara com um convite (CTA) para baixar um e-book com informações aprofundadas sobre o assunto.

Após ler o e-book, o interessado pode se deparar com outro CTA. Agora, convidando para entrar um contato com a empresa ou realizar um teste gratuito de um produto ou serviço da marca. Por fim, o antes leitor, é conduzido para uma ação que o transforma em consumidor.

 

Qual a importância de possuir site e blog para uma marca?

De acordo com uma pesquisa publicada pela Sproudsocial, 9 em cada 10 consumidores comprarão produtos de um negócio que seguem nas mídias digitais. Além disso, 75% aumentam os gastos com essa empresa. Sem dúvidas, o investimento em mídias, como o site e o blog, dá um excelente retorno para as marcas. A seguir, apontamos outras grandes vantagens.

Alta presença online

A presença online é uma questão de sobrevivência para as empresas. Afinal, grande parte do número de consumidores prefere realizar compras e se relacionar com as marcas por meio da internet. Segundo um estudo realizado pela KPMG, 81% dos entrevistados revelaram que estão adquirindo produtos por meios online.

Já 94% disseram que pretendem continuar usando plataformas online, sites e-commerce e marketplace nos próximos anos.  Como vimos nos tópicos anteriores, tanto o site quanto o blog podem ser usados para atrair os consumidores online para os produtos e serviços do negócio.

Para isso, é importante gerar visibilidade para esses canais. Uma das maneiras é postando artigos do blog e links do site nas redes sociais da empresa. Outra forma é por meio da mídia paga. Isso significa investir em publicidade nas plataformas de vídeo, páginas de busca e mídias sociais.

Maior possibilidade de atrair leads

Um estudo feito pela Hubspot mostra que os blogs que publicam mais conteúdos tem 13 vezes mais chances de obter um positivo retorno sobre o investimento (ROI). Entre os resultados positivos, estão os leads qualificados. Esse grupo de consumidores tem alta probabilidade de consumir os produtos e serviços da marca.

Afinal, já tiveram a oportunidade de conhecer a empresa por meio do site e ler conteúdos relevantes no blog. Toda essa informação ajudou a criar confiança pela marca. Na hora da tomada de decisão de compra, o consumidor se lembrará do negócio.

Maior credibilidade para a marca

A empresa que cria um site e blog gera uma reputação perante o mundo dos negócios. Para que essa reputação seja potencializada, é importante publicar casos de sucesso com clientes que se relacionaram com a marca. Além disso, uma seção do site pode conter o nome dos clientes mais importantes da empresa.

Olhando para o futuro, não podemos deixar de pensar na internet. Afinal, esse ambiente veio para ficar e demonstra que se fortalecerá ainda mais nos próximos anos. Cabe as empresas perceberem isso e lançarem suas estratégias comerciais no mundo online. Como vimos, o site e o blog devem estar entre elas.

*

O que achou de nosso artigo? Entendeu a diferença entre site e blog? Quer contar com uma equipe de especialistas em marketing digital para impulsionar esses canais da sua empresa?

Então, entre em contato com Boost Your Bizz

Isabelle de Paula

Texto de Isabelle de Paula
1 de junho de 2022

Estamos aqui para ajudar

Precisando de uma solução? Bata um papo com a BYB!

Entre em contato com a gente e entenda como nosso modelo de trabalho pode impulsionar a sua empresa.

Erro 404

Obrigado pela mensagem Em breve nossa equipe entrará em contato.