Marketing Internacional

O que é marketing internacional? Veja como começar e as vantagens para a empresa

Tempo de leitura:

Saiba o que é marketing internacional, uma estratégia que prepara a empresa para vender fora de seu país de origem

Marketing Internacional

Marketing internacional é valioso para negócios que querem conquistar clientes no exterior. Assim como outros vários tipos de publicidade, ele é essencial para empresas pequenas e médias que desejam aumentar seus lucros e autoridade de mercado. Dito isto, é fundamental garantir que sua mensagem seja entregue de forma assertiva para atingir seu público-alvo.

Contudo, em um mundo em constante mudança, onde as empresas melhoram continuamente sua eficiência e novos concorrentes podem surgir da noite para o dia, a competição por fatias do mercado global é acirrada. Por isso, é fundamental promover a sua marca junto de potenciais clientes e investidores.

Então, no artigo de hoje, trouxemos informações essenciais sobre o que é marketing internacional e como criar uma estratégia eficaz para expandir as fronteiras dos seus negócios. Ao final, você ainda descobrirá casos de empresas que obtiveram muito sucesso no cenário global. Vamos lá?

 

O que é o marketing internacional?

É o marketing que visa integrar os produtos ou serviços de uma empresa fora de seu país de origem. O processo para que isso ocorra e tenha bons retornos não é tão simples, já que cada lugar tem valores e hábitos distintos, por exemplo.

Como funciona?

Por esse motivo, quando o gestor de um negócio deseja vender no mercado global, ele precisa saber o contexto. Ainda que as ações de marketing sejam globais, mudar de local afeta de forma profunda o sucesso de alguns produtos.

O marketing internacional, então, é útil para estudar tudo que envolve a venda e atração de público como:

  •     Hábitos de consumo;
  •     Análise de mercado;
  •     Como adaptar o produto ou serviço à região;
  •     Entender as leis e normas do país sobre a propaganda alguns produtos;
  •     Cenário econômico e político.

Usar a mesma tática do país de origem sem fazer essas análises prejudica o lucro e a imagem da marca. Além disso, corre-se o risco de criar problemas legais ou ofender a religião das pessoas.

 

Vantagens do marketing internacional

Ao aplicar as táticas do marketing internacional, pequenas e médias empresas podem conseguir retornos que vão além das vendas. Aliás, fazer isso também as torna mais bem vistas no mercado nacional.

Conquista de clientes no exterior

Ter clientes no exterior é algo que aumenta a reputação e autoridade da marca dentro e fora do país de origem. Assim, há mais chances de que ela se torne uma empresa de alcance global.

Aumento de vendas

Quando há maior número de clientes, o aumento nas vendas também ocorre. Desse modo, o negócio tem mais lucro e pode investir em outros setores, além de se tornar mais livre do mercado interno.

Mais credibilidade para a marca

Ter o nome da empresa em outras partes do mundo também é uma forma de aumentar a confiança na marca. Afinal, a maioria das que conquistam esse espaço se tornam referências em qualidade.

Alternativas em caso de crises

Investir no marketing global também é uma forma de garantir proteção em tempos de crise no mercado interno. Aliás, essa é uma das principais razões para a expansão de empresas, de acordo com uma pesquisa da Apex- Brasil.

 

Como desenvolver uma estratégia de marketing internacional

Agora que você entendeu o que é marketing internacional, sem dúvida você vai querer saber como criar uma estratégia impecável. Portanto, veja quais são os passos cruciais para criar uma tática bem-sucedida.

Estudar o mercado internacional

O primeiro passo para começar o marketing global é entender como é o mercado exterior, ou seja, o país em que pretende atuar. Então, é essencial considerar:

  •     Cenário econômico;
  •     Leis e normas que afetam o comércio;
  •     Recursos naturais;
  •     Taxas de câmbio.

Ademais, a pesquisa de marketing aqui inclui não apenas a pesquisa de marketing nacional, mas também questões políticas, jurídicas, econômicas internacionais, financeiras internacionais, culturais e de saúde nacionais. 

Portanto, os estrategistas devem avaliar constantemente o cenário interno e externo em todos os aspectos relevantes para suas atividades de negócios.

Analisar o comportamento do público-alvo no país desejado

Após a pesquisa e análise de mercado, a próxima fase é escolher seu público-alvo. Sobretudo, o método utilizado para selecionar o mercado-alvo é determinado pelas mercadorias que a empresa pretende comercializar no mercado internacional. 

Assim, é preciso avaliar vários parâmetros, incluindo as necessidades, tamanho, desenvolvimento, posição competitiva no mercado, considerações de risco.

Sob nenhuma hipótese se deve negligenciar os hábitos, estilo de vida, religião e valores culturais ao selecionar os mercados potenciais para se expandir. Somente assim é possível oferecer um produto atrativo aos olhos desse público. Além disso, criar uma persona com base nesses dados torna a oferta mais assertiva.

Exemplo

O McDonald’s fez a  expansão para a Índia e precisou adaptar seus produtos a fim de não se indispor frente a cultura do país. Assim, tirou a carne bovina dos lanches, pois a vaca é um animal sagrado no hinduísmo, seguido por 80% dos 1,3 bilhão de indianos. 

Analisar os concorrentes no país

Nessa análise, deve-se considerar o que as empresas daquele local fazem a fim de atrair clientes. Assim, deve-se considerar preços, promoções, divulgação e distribuição.

Destaca-se a precificação, fundamental para o sucesso em qualquer mercado, dado que muitas vezes este é um fator crucial no processo de tomada de decisão de compra pelo cliente. Note que o preço desempenha um papel nas expectativas de um produto ou serviço e afeta a forma como os consumidores avaliam sua compra. Isso pode determinar se eles se tornam clientes fiéis. 

Evidentemente, a estratégia de preços que você escolher varia de acordo com seus objetivos de curto e longo prazo. Contudo, deve-se ter em mente que as estratégias de marketing e preços podem precisar ser modificadas para determinados mercados devido a diferenças culturais ou econômicas.

 

Marketing internacional na prática

Quando se trata de marketing internacional, não existe uma solução única para todos. Como resultado, as empresas geralmente precisam usar uma variedade de técnicas e estratégias conquistar o mercado. 

Vejamos três casos de sucesso de marketing global: Nike, Coca-Cola, Apple e Spotify.

Nike

Graças aos patrocínios internacionais, a Nike conseguiu expandir sua presença global ao longo dos anos. Um exemplo de sua estratégia de marketing internacional é sua parceria de longo prazo com o Manchester United, um time de futebol inglês.Além de parcerias no exterior, a Nike implementou várias outras táticas para atrair um público global.

A plataforma de cocriação NikeID, por exemplo, coloca o poder do design nas mãos dos consumidores. É uma solução rápida para a empresa fornecer produtos que atendem a diferentes preferências étnicas e estilísticas.

Coca-Cola

A Coca-Cola é uma das marcas mais reconhecidas no mundo – e por bons motivos. É um ótimo exemplo de marca com uma estratégia de marketing internacional de sucesso.

As empresas locais tiveram a oportunidade de modificar o sabor do refrigerante de acordo com as preferências culturais do mercado. Além disso, publicidade, marketing, distribuição e preços são adaptados para atender às necessidades exclusivas.

A Coca-Cola enfatiza valores universais como compartilhamento e alegria. No entanto, a empresa também usa referências culturais e acordos de patrocínio com celebridades locais para globalizar o marketing.

Spotify

Spotify, uma empresa sueca de streaming de música e serviços de mídia, foi fundada há doze anos. Então, como o Spotify saltou tão rapidamente da Suécia para o resto do mundo? A solução pode ser encontrada na forma como ele descreve o produto.

Em vez de se concentrar em um tipo específico de música, o serviço de streaming incentiva os usuários a se concentrarem em um hábito ou estilo de vida que pessoas de todo mundo compartilham. Você pode, por exemplo, escolher a música para uma sessão de treino, sono ou estudo.

Como resultado, músicos de todo o mundo cujo conteúdo se encaixa em uma determinada categoria podem atrair rapidamente a atenção de ouvintes de outros países.

 

Conclusão

Pronto, agora você sabe as ideias fundamentais do marketing internacional. Como vimos, devido à forte rivalidade na economia, a maioria das empresas está expandindo seus mercados globalmente. 

Logo, o marketing internacional é a solução para organizações que se saíram bem em seu mercado doméstico, mas desejam expandir para o mercado internacional. No entanto, nem todos estão familiarizados com este termo ou como aplicá-lo ao seu negócio.

Esperamos que, com o conhecimento de marketing internacional e como planejar o marketing internacional que você adquiriu, você consiga identificar o caminho certo para o sucesso do seu negócio.

E claro que a BYB pode te ajudar em jornada de sucesso através do marketing digital!

Fale conosco! A BYB é uma agência de marketing digital focada em estratégias que trazem resultados para o seu negócio!

Conheça mais sobre a gente! 

Isabelle de Paula

Texto de Isabelle de Paula
18 de maio de 2022

Estamos aqui para ajudar

Precisando de uma solução? Bata um papo com a BYB!

Entre em contato com a gente e entenda como nosso modelo de trabalho pode impulsionar a sua empresa.

Erro 404

Obrigado pela mensagem Em breve nossa equipe entrará em contato.