Marketing Digital

Tráfego orgânico: entenda o que é e sua importância para lojas virtuais

Tempo de leitura: 8 min.

O que é tráfego orgânico? Quais são as melhores estratégias a serem adotadas? Que tipos de tráfego digital existem? Encontre aqui as respostas!

Tráfego orgânico

É muito bom quando uma campanha de marketing digital traz um excelente retorno sobre o investimento. Melhor ainda é quando os lucros vêm sem gastar uma alta quantia de dinheiro com as estratégias de publicidade. Isso é apenas um sonho – talvez diga. Longe de ser um simples devaneio, esse desejo é alcançado por meio de uma estratégia eficiente: o tráfego orgânico.

Existem números que confirmam isso. De acordo com uma pesquisa apresentada pela TotalRetail, 88% dos sites B2B (Bussiness to Bussiness) são encontrados por meio de pesquisas orgânicas

Tipos de tráfego no meio digital

Podemos dizer que, assim como a presença de um público é importante para a loja física, o tráfego é fundamental para os sites das marcas. Uma vez que, por meio do tráfego, a empresa ganha visibilidade, lucratividade e otimiza todas as etapas do funil de vendas. Na prática, existem cinco tipos principais de tráfego. A seguir, falaremos sobre cada um deles.

Tráfego Pago

Esse tipo de tráfego é caracterizado pela aquisição de espaços digitais que auxiliam na divulgação da marca ou de uma loja virtual. O objetivo é impactar o público-alvo da empresa com anúncios. Dentre os espaços digitais que oferecem serviços de divulgação, podemos destacar: Google Ads, Instagram Ads, Facebook Ads e Twitter Ads. Os anúncios que geram mais dinheiro para esses espaços são exibidos com maior frequência.

Tráfego Direto 

O tráfego direto ocorre quando um usuário da internet digita o endereço (URL) de um negócio na barra de pesquisa do navegador (browser). Portanto, o termo “direto” indica que o acesso ao site da marca não aconteceu por meio de um link, anúncio, rede social ou qualquer outro tipo de ação intermediária.

Tráfego de Referência

Quando um usuário clica no link que direciona para um negócio virtual – ao navegar em outro site – caracteriza-se o tráfego de referência. Em outras palavras, esse tipo de tráfego é como uma indicação online. Sendo assim, a empresa que recebe o visitante direcionado, usa a credibilidade de outros sites para chamar a atenção de possíveis consumidores. Como acontece nas estratégias de guestposts.

Tráfego Social 

Já o tráfego social é gerado nas mídias sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Tik Tok etc. Vale lembrar que as redes sociais são detentoras de grande parte do público conectado a internet. Assim, inserir links para o site em postagens nesses canais de interação, é uma estratégia inteligente que eleva muito o número de visitantes.

Tráfego orgânico

Existem visitantes que não clicam em anúncios para chegar em um site, mas utilizam os buscadores, como o Bing, Yahoo ou Google. Funciona assim: uma pessoa realiza uma pesquisa sobre determinado assunto. Na lista do buscador, aparece um artigo de blog que trata exatamente sobre o tema. O interessado clique nele e pronto! A página recebe uma visita orgânica.

O que é o tráfego orgânico

Como dito no tópico anterior, o tráfego orgânico se refere às visitas adquiridas de forma espontânea – sem a necessidade de utilizar estratégias de Ads. Não é realístico dizer que essa forma de tráfego dispensa qualquer investimento financeiro. Afinal, toda estratégia de marketing exigi dinheiro. Até mesmo os artigos de blog – muito utilizados para a captação de tráfego orgânico.

No entanto, o capital investido nesse tráfego gera retornos a longo prazo. Por exemplo, o dinheiro usado na criação de um artigo de blog, pode apresentar resultados financeiros após anos da sua publicação. Sim, as estratégias orgânicas são verdadeiras aliadas de uma campanha de marketing bem-sucedida.

Porque investir no tráfego orgânico

Quando realizado por meio das estratégias certas, o tráfego orgânico apresenta excelentes resultados para as marcas e negócios digitais. A seguir, apontamos as principais vantagens desse tipo de tráfego.

Custo-benefício

O primeiro benefício é a redução de custos, bem como o alcance de uma boa relação custo-benefício. Não há dúvidas que essa estratégia pesa bem menos no orçamento do marketing digital do que, por exemplo, os anúncios pagos. Conforme explicado anteriormente, estratégias de tráfego orgânico (como artigos de blog) consegue atrair visitantes e gerar receitas após muitos anos.

Escalabilidade

Infelizmente, as campanhas de Ads não são escaláveis. Quando a marca deixa de investir nessa estratégia, o tráfego vindo com os anúncios diminui – se não acabar de vez. Ademais, o dinheiro investido em Ads para atrair um grande volume de visitantes qualificados pode não ser nada vantajoso para a marca. Por outro lado, o tráfego orgânico é escalável. Sendo assim, quanto maior o número de visitantes chegarem no site, menor será o custo com a estratégia.

Relevância

Normalmente, os buscadores mostram quando um resultado de pesquisa é fruto de um anúncio pago. Em outras palavras, isso significa que a marca ou negócio investiu dinheiro para aparecer nas primeiras posições da página de busca. Para alguns, essa estratégia soa como se a empresa “forçasse a barra” para obter visibilidade, vender produtos e gerar tráfego de visitantes.

A consequência pode ser a perda da confiança e da credibilidade nesse tipo de resultado. Em contrapartida, conteúdos e sites que figuram no topo da lista por causa de relevância vinda de tráfego orgânico, geram interesse, autoridade e confiança para o negócio.

Duração

O período de duração dos resultados do tráfego pago é limitado. Visto que permanecem enquanto os anúncios estão ativos. Por outro lado, “os louros” vindos por meio do tráfego orgânico não tem validade; são eternos. No entanto, para obter resultados em longo prazo, é necessário continuar investindo em técnicas de otimização dos conteúdos (SEO), por exemplo.

Construção de relacionamento

Uma das grandes vantagens do tráfego orgânico é a possibilidade de construir um relacionamento de confiança com o público-alvo. Ao passo que os clientes ideais consomem conteúdos relevantes, conhecem melhor a marca, seus produtos e serviços. Isso gera valor e credibilidade para o negócio. Dessa forma, fica mais fácil dos consumidores avançaram na jornada de compra.

Principais estratégias do marketing digital para gerar tráfego orgânico

Tráfego orgânico

O tráfego orgânico é um trunfo nas mãos das marcas que desejam atrair novos clientes. Porém, os resultados positivos dessa estratégia só aparecem se foram aplicadas práticas eficientes. Quais são elas? Elencamos as três principais.

Marketing de conteúdo

É difícil imaginar a geração de tráfego orgânico sem a produção de conteúdo que atrai a atenção do público-alvo. Por isso, o marketing de conteúdo é considerado um dos principais pilares desse tipo de tráfego – bem como do marketing digital. Devido a essa importância, uma pesquisa feita pela Semrush revela que 84% das empresas tem uma estratégia de marketing de conteúdo.

SEO

O search engine optimization (SEO) é um conjunto de técnicas que ajudam sites e blogs a alcançarem as melhores posições nas páginas de busca. Sendo assim, os negócios precisam investir tanto na produção de conteúdo quanto na otimização dos artigos publicados. Embora possa levar tempo para aplicar o SEO em um site ou blog já criado, esse esforço valerá a pena. Afinal, será a receita para a atração de tráfego orgânico ao longo dos anos.

Email marketing

Dentre as estratégias do marketing digital para tráfego orgânico, podemos dizer que o e-mail marketing é o mais indicado para converter leads em clientes. Uma vez que, o envio de e-mails cultiva o interesse demonstrado em um determinado conteúdo (infográfico, e-book ou artigo de blog). Para ter sucesso com essa estratégia, é importante ter listas segmentadas de acordo com o perfil do público-alvo.

Dicas para aumentar o tráfego orgânico do seu site

Depois das informações apresentadas nos tópicos anteriores, você já sabe o que é, a importância, estratégias e vantagens de investir no tráfego orgânico. Agora, daremos algumas dicas valiosas para escalar e otimizar esse tipo de tráfego no seu site. Confira a seguir!

Foque na sua persona

Mesmo com todas as técnicas de SEO e a conquista das primeiras posições nos mecanismos de busca, o conteúdo não gerará tráfego orgânico qualificado sem o alinhamento com o perfil da persona. Para obter esse objetivo, o time de marketing precisa descobrir quais são as dores, desejos, dúvidas e necessidades do público-alvo.

Faça um estudo de palavras-chave

No marketing digital, as palavras-chave são verdadeiros tesouros. Por meio delas, os conteúdos conseguem um bom ranqueamento nas páginas de busca. Isso acontece porque as palavras-chave ajudam os buscadores a conectar a pesquisa de usuários com conteúdos relacionados. Sendo assim, é essencial pesquisar quais palavras-chave tem relevância para a persona e inseri-las nos conteúdos produzidos.

Crie e faça títulos de sucesso

Os títulos dos conteúdos são iscas que fisgam o público-alvo. Mas o contrário também é verdade, títulos sem qualidade impedem que a persona se interesse pelo conteúdo. Por isso, a meta description e a meta title devem ser objetivas, criativas, claras e persuasivas. Algo que também pode ajudar são os gatilhos mentais, técnicas de neuromarketing e copywriting.

Crie conteúdo relevante

Os diferentes tipos de conteúdos precisam ser dotados de informações que atraiam, engajam, fidelizem e convertam o público-alvo. Para tanto, essas peças de marketing devem gerar valor para os leitores. Além de dados vindos de fontes confiáveis, os conteúdos precisam tocar em assuntos alinhados com o perfil da persona e com o momento vivenciado na jornada de compra.

Faça estratégias em mídias sociais

As redes sociais são os canais digitais mais populares do momento – e a previsão é que continuem assim no futuro. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Núcleo de informação e Coordenação do Portal BR (nic.br), 87% dos brasileiros serão usuários de redes sociais em 2026. Diante desse cenário positivo, é fundamental a elaboração de estratégias nas mídias sociais.

Para gerar tráfego orgânico, as postagens nas mídias sociais devem ter links para conteúdos relacionados do site ou blog. Fazendo assim, os usuários desses canais encontram o que precisam com facilidade e se relacionam com a marca.

Poste seus conteúdos em outras plataformas

Além das redes sociais, existem outros ambientes online que podem receber conteúdo. Por exemplo, plataformas de vendas, cursos, vídeos, tutoriais etc. No entanto, antes de publicar nesse tipo de mídia, é importante descobrir se existe a presença do público-alvo, além de ser compatível com o mercado de atuação da marca e com os objetivos do marketing digital.

Faça diferentes tipos de conteúdo

Por que produzir somente artigos de blog quando há uma série de outros formatos de conteúdo? Entre eles, podemos destacar os vídeos, webinars, newsletters, podcasts, infográficos, e-books e por aí vai. Seria interessante mesclar as postagens nas mídias digitais entre essa variedade de formatos. Dessa forma, o marketing digital fica criativo. Além disso, otimiza o tráfego orgânico.

Gaste tanto tempo na promoção quanto na produção do conteúdo

Após investir tempo, criatividade e esforço na produção de conteúdo, é inviável publicá-lo uma vez para nunca mais. Para impulsionar o tráfego orgânico, os conteúdos devem ser postados em mídias, dias e horários diferentes. Não é errado republicá-los após alguns meses ou anos. Desde que, as informações estejam atualizadas.

Gere links externos para seu site

No universo dos buscadores, quando um site de autoridade faz um link para outro site, esse último conquista o famoso e desejado tráfego orgânico. Essa estratégia conhecida como backlinks pode ser utilizada em conteúdos (guestposts). Sendo assim, o time de marketing pode pesquisar quais sites são importantes para o público-alvo, contatá-los e oferecer conteúdos gratuitos com links para o site da marca.

É uma espécie de ganha-ganha. De um lado, o negócio se posiciona como referência de um site de credibilidade. Por outro lado, esse site recebe conteúdos de qualidade sem ter gasto com a produção deles.

Conclusão

O tráfego orgânico não perderá a sua importância no futuro do marketing digital. Pelo contrário, continuará a ser uma excelente estratégia aplicada com outras, como os anúncios pagos. Seguindo as dicas dadas neste artigo, temos certeza de que a sua marca atrai cada vez mais visitantes para o site ou blog.

Quer potencializar o tráfego orgânico com a ajuda de especialistas em marketing digital? Então, conte com a Boost Your Bizz (BYB)! Conheça agora mesmo os nossos serviços e cases de clientes satisfeitos

 

Mauricio Belchior

Texto de Mauricio Belchior
22 de setembro de 2022

Estamos aqui para ajudar

Precisando de uma solução? Bata um papo com a BYB!

Entre em contato com a gente e entenda como nosso modelo de trabalho pode impulsionar a sua empresa.

Erro 404

Obrigado pela mensagem Em breve nossa equipe entrará em contato.